Sou uma escritora… ai que medo!

writerÉ muito estranho acordar um dia e dizer (ou gritar, no meu caso) EU SOU UMA ESCRITORA.

Escrever.

Escrever todo mundo escreve, mas isso não faz de ninguém um escritor. Um escrivinhador? Escrivente? Mas não escritor, certo? Não sei.

Sempre escrevi muito, faz uns 2 anos que tenho publicado uns contos bem escondidos no wattpad, estou ensaiando publicar um romance faz tempo… mas, não me sentia escritora. O que mudou? Atitude, possivelmente. Coragem de me assumir – que coisa mais sair do armário. Mas, acho que no fim dá na mesma, não?-, coragem de ser lida, coragem de me expor, de receber críticas, de assumir compromissos (sim, com o leitor).

E é isso que estou fazendo, me assumindo, saindo do armário: Gente, venham ver, eu sou escritora!

Agora vou ter que definir o tipo de escritora que vou ser: boa ou ruim – é possível medir assim? -, desleixada ou rigorosa, ficcional ou biográfica – poeta sei que não sou – , reconhecida ou não, rica (muitos risos) ou com outro emprego, … E quem quiser, vai poder descobrir isso tudo comigo. Aos poucos.

Além dos meus textos e textos de escritores que eu adoro, vou partilhando nesse espaço essa experiência do “tornar-se escritora”, a busca pela inspiração, a coragem para jogar fora textos (ruins) prontos, o sonho de ser publicada e o percurso que me trouxe até aqui. Espero que comentem e também compartilhem experiências comigo.

‘Tamo juntos?

 

Anúncios

13 comentários sobre “Sou uma escritora… ai que medo!

  1. REJANE Valdene

    Acho incrível essa transparência! É exatamente assim que me sinto. Gosto dessa forma leve e verdadeira de se comunicar. Ainda não me assumi publicamente uma escritora, mas posso dizer que as palavras simpatizam comigo, rs. São amigas que vem me visitar e como toda amiga, as vezes me alegram, surpreendem, fazem chorar, as vezes, sem palavras…
    Então, é assim, se um dia os outros apontam que somos escritores, antes disso, sentimos internamente que podemos nos lançar nesse sonho, nessa estrada.

    Curtido por 1 pessoa

  2. lilissoliveira

    Sim, tamo juntas! Que missão difícil, né? Mas a persistência é nossa companheira e vai dar tudo certo! Obrigada pelo seu texto! Tbm tenho a complicada tarefa de escrever pro meu blog, dá uma passadinha lá se quiser. Bjos!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Zilda Mariano

    Que coisa difícil é sair do armário. Mas tem sido gostoso. A maioria apoia, ajuda, dá dicas e palpites super bem vindos. Também tem aqueles que fazem cara de caneca, como se eu fosse uma criança dizendo que quer ser astronauta. Pouco importa. O mais difícil foi levar a mim mesma a sério.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Pingback: Reflexões, projeções e desabafos – rê schermann

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s